Mudança Na Educação – Colégio Axis Mundi – Escola de Qualidade em Campinas

Mudança Na Educação

Principal / Mudança Na Educação

axis-3

Está na hora de uma grande mudança na Educação!

Quando pensamos em escola, nos vem à mente um sala de aula, com um Professor à frente e Alunos sentados em carteiras enfileiradas, prestando a atenção neste professor.

Esse modelo existe há pelo menos 40 anos. Mas, nestes 40 anos o mundo mudou muito! E os alunos também mudaram!

Não é possível exigir que crianças e adolescentes, multifocados, que já nasceram conectados à internet e com acesso às muitas telas fiquem sentados durante 45 minutos prestando atenção em um único assunto e pessoa.

Por isso, o Colégio Axis Mundi implementou neste ano de 2018 o Ensino Híbrido.

Uma estratégia de educar aplicada em escolas da Dinamarca, Inglaterra, Finlândia, entre outros, que envolve a interação entre Alunos, Professores, Famílias e Tecnologia, com salas de aula que promovem a curiosidade, discussão dos assuntos e pesquisa e extrapola o conteúdo para fora do colégio, como em casa, por exemplo.

O professor não é mais o “dono da informação”, como há 40 anos atrás. Ele é um mediador, um facilitador do aprendizado da informação e orientador de experiências e atividades que mostram, na prática, o uso destas informações.

Afinal, para as crianças e adolescentes de hoje, tudo precisa fazer sentido!

Veja abaixo um pouco mais sobre Ensino híbrido e as ferramentas que o Axis Mundi aplica em aulas e ambientes do colégio e que envolvem as famílias.

Fazer ilustrações sobre as ferramentas usadas no ensino híbrido:

Afinal, o que é Ensino Híbrido?

Nota para Lógica:
Gostaria de usar este vídeo para explicar o ensino híbrido. É possível cortá-lo no ponto indicado?

(cortar o vídeo em 2:01)

Novos modelos de Salas de Aula:

Nota para Lógica: 

Esta animação ilustra o funcionamento dessa sala. Precisamos de algo simples, uma pequena animação para ilsutrar as explicações das salas/laboratórios, abaixo.

(os alunos “rodam” em grupos pelas estações).

– Laboratório Rotacional (colaboração): uma das maneiras mais comuns da adoção do ensino híbrido é por meio da chamada rotação de laboratório (ou lab rotation, em inglês).
Monta-se estações com diferentes propostas de aprendizagem de um mesmo conteúdo.
Exemplo:
Na estação 1: conteúdo é visto via plataformas digitais

Na estação 2: os alunos desenvolvem projetos em pequenos grupos
Na estação 3: outro grupo de alunos pode estar com o professor, tirando dúvidas.

– Laboratório Invertido (protagonista): os alunos que antes realizavam todo o processo de consumo de conteúdos dentro da sala de aula, agora começam a fazê-lo dentro de suas casas ou em qualquer outro lugar que tenha acesso à Internet por intermédio do ensino online.
O Professor não é mais o detentor da informação e passa a ser o mediador das informações colhidas pelos alunos.
Pode-se fazer uso de videoaulas, games, slides, ebooks, aplicativos ou qualquer outro material complementar que possa potencializar o processo de aprendizagem de forma dinâmica e inovadora, sempre com a supervisão de um tutor/professor para ajudar em dúvidas e orientar.
A aprendizagem é resultante de um processo interativo.

Nota para Lógica: 

OBS. Para entender melhor sobre este tema, esse vídeo ajuda bem. Assistam do 0:15 a 1:13

https://www.youtube.com/watch?v=YhfbAQTTNF0

Referência de ilustração: https://www.radaead.com.br/radaead/wp-content/uploads/2016/02/invertida.png

– Laboraório Individual (concentração): na rotação individual os alunos têm roteiros individuais elaborados pelo professor e fazem rotações seguindo esses roteiros personalizados. Eles não necessariamente passarão por todas as estações, mas devem passar por aquelas que fazem sentido para sua aprendizagem, considerando o nível de conteúdo em que encontram suas dificuldades e a forma como aprendem melhor.