Crianças estão com dificuldades para segurar lápis devido ao uso excessivo de aparelhos eletrônicos, alertam especialistas.

Para contornar o problema, pais, professores e cuidadores devem promover mais atividades manuais dentro e fora de casa

Patrick, 6 anos, está há seis meses fazendo sessões semanais com uma terapeuta ocupacional para desenvolver a força necessária em seu dedo indicador e conseguir segurar corretamente o lápis. A mãe do garoto, Laura, culpa a si mesma pela situação. “Olhando para trás, vejo que dei muitos itens tecnológicos para Patrick brincar, excluindo os brinquedos mais tradicionais. Quando ele entrou na escola, os professores me chamaram e mostraram preocupação: ele segurava o lápis como um homem das cavernas. Ele simplesmente não conseguia segurar de outra maneira e, consequentemente, não conseguia aprender a escrever porque ele não consegue manejar o lápis com precisão”, disse a mãe em entrevista ao jornal The Guardian.

Para continuar lendo a matéria Clique Aqui

Fonte: revistacrescer.globo.com

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.